Este desafio demanda uma abordagem franca e analítica para determinar onde a Igreja está em relação à ordem do Senhor. Não é suficiente medir o sucesso por padrões seculares, não é suficiente dar prioridade a esses padrões. A entrega total a Deus envolve, primeiramente, total aceitação dos princípios do cristianismo conforme esboçados na Bíblia e apoiados pelo Espírito de Profecia. Congregações, instituições, empregados e membros individuais da Igreja podem facilmente encontrar satisfação em alvos alcançados, fundos arrecadados, edifícios concluídos, orçamentos equilibrados, autorizações ou aprovações conseguidas ou renovadas, e contudo deixar de ser responsáveis diante de Deus no tocante à comissão do Evangelho. Para a Igreja, a primeira e contínua prioridade deve ser esta diretriz do Senhor : Ide… ensinai… batizai… fazei discípulos.